Avançar para o conteúdo
Estratégia

Qual é a importância da estratégia?

Para todos os objetivos e planos que temos, existe uma estratégia que deve ser muito clara e bem estruturada. 

Certa vez, Lewis Carrol, autor de Alice no País das Maravilhas, disse uma coisa que acredito que está intimamente ligado com a estratégia e com aquilo que vamos falar nesse artigo: 

“Se você não sabe para aonde ir, qualquer caminho serve”

Ficou curioso para saber o que isso tem a ver com estratégia? Fique firme que vamos contar-te tudo nos próximos parágrafos. Contudo, se você é daquelas pessoas mais visuais, assista o vídeo abaixo que serve de suporte para esse artigo.

No entanto, antes de começar, gostaria de pontuar bem a definição de estratégia nas palavras de Michael Porter, professor de Harvard, autor de vários best sellers, considerado a maior referência em estratégia no mundo todo.

Porter diz que: “uma estratégia genérica de negócios pode ser adotada por qualquer empresa, independentemente do produto ou indústria envolvido, para atingir uma vantagem competitiva”.

Por outro lado, Henry Mitzberg, um importante académico e autor de diversos livros em estratégia corporativa, diz que “O Marketing Estratégico é a somatória de Missão, Objetivos de Marketing, Objetivos financeiros, necessidades de mercado e posicionamento competitivo”.

O que fica claro aqui, através destes conceitos clássicos é que, para todos os objetivos e planos que temos, existe uma estratégia que deve ser muito clara e bem estruturada. 

Nela não é relevante como fazê-la, mas sim, o que fazer. Traduzindo ao seu significado, a estratégia nada mais é do que um planeamento de ideias para alcançar um objetivo ou resultado específico.

Quando surgem desafios, a estratégia é o guia que apresenta as melhores soluções. Qualquer finalidade que haja, o caminho mais rápido para o sucesso é o que a estratégia oferece.

É muito importante termos uma estratégia, porque contém papeis importantes que não conseguem ser substituídos, como o sentido e coerência, a inspiração e motivação, vocação e experiência, entre outros mais aspetos que devem ser sempre seguidos para que tudo corra bem.

A bússola da estratégia

Antes de continuarmos eu quero fazer uma pausa para lhe dar alguns dados estatísticos que comprovam o quanto a estratégia é importante e por vezes menosprezada pelas empresas. Um estudo constatou que: 

  • 95% dos funcionários das empresas não conhecem a estratégia; 
  • 90% das organizações não executa a estratégia com sucesso;
  • 86% dos executivos dedicam menos de 1 hora por mês à estratégia;
  • 70% das organizações não liga os incentivos dos gestores intermédios com a estratégia.

Veja que, para ser bem sucedida uma estratégia precisa ser seguida pela empresa que a pratica, de maneira que nunca seja abandonada. Por isso, é importante montarmos um mapa estratégico que estabeleça 3 coisas importantes:

  1. Onde estamos, qual é a nossa situação atual e com que indicadores nos importamos.
  2. Depois, é preciso saber aonde vamos e por que vamos. Quais são as nossas metas, objetivos e quais indicadores precisamos monitorar sempre.
  3. Por fim, a etapa mais importante, como vamos chegar lá? Quais caminhos precisamos seguir? Quais canais precisamos usar? Aqui é que entra aquela questão das redes sociais.

Os tipos de estratégia

Tipos de estratégia

Ainda nesse contexto, vemos que quando se definem planos estratégicos, temos assim projetos estratégicos tais como o relançamento de um produto ou marca, ou a promoção de um evento, ou feira. 

Na execução desses projetos estratégicos, temos a gestão de projetos ágeis, mas isso já é um assunto para tratarmos num próximo vídeo.

Aqui é preciso ficar claro também que existem várias categorias de estratégia, entretanto, nesse vídeo vamos focar em 3 principais tipos:

1. Crescimento

As estratégias de crescimento são aquelas desenvolvidas para aumentar os lucros das empresas, as vendas, a participação no mercado e também o valor da empresa. Neste contexto, tudo o que a empresa faz para aumento o seu sucesso, é aumentar o volume de vendas, lançando novos produtos no mercado, o que acaba por ser bastante favorável.

2. Manutenção

Em todo o mercado existe rivalidade, devendo então estarmos atentos às outras empresas para ver o ambiente com potenciais ameaças.

Dentro da empresa também existem potenciais ameaças, embora haja pontos forte, como a disponibilidade financeira, os recursos humanos e tecnologias acumulados ao longo do ano.

Desta forma, a estratégia de manutenção é uma postura defensiva, sendo que o objetivo é preparar a empresa para enfrentar possíveis dificuldades num futuro próximo.

3. Investimento

Esta é uma estratégia que está presente no planeamento estratégico da empresa. As ações visam, a utilização dos recursos financeiros, que devem ser bem planeados para que não haja prejuízos na organização.

O investimento feito na empresa, para correr tudo bem financeiramente, deve ser feito quando se conhece bem o público-alvo, os concorrentes e o seu mercado.

Logo, caso tenhamos o conhecimento dos pontos referidos anteriormente, tudo indica para que a nossa empresa seja destacada.

Agora, antes de encerrarmos esse vídeo, acho importante enfatizar uma confusão muito comum no mercado, a diferença entre estratégia e tática.

Estratégia vs. Tática

Estratégia e tática

Embora estratégia e tática sejam termos correlatos e muitas das vezes confundidos um com o outro, não são nada iguais.

A estratégia é uma das maiores ferramentas abstratas com muitos objetivos ao longo do período, em vez que a tática que é concreta e baseada na melhor ação a tomar de imediato.

A tática é o momento de saber o que fazer quando há o que fazer, enquanto a estratégia é o momento em que se sabe o que fazer quando não está a fazer nada. Este termo é destinado para o método ou habilidade, para concretizar com primazia o sucesso de um empreendimento.

Por fim, a tática pode ser percebida como implementação da estratégia definida, ou seja, é preciso fazer as ações certas para atingir a escolhida. A estratégia e a táticas são chaves do marketing.

Em suma, quando temos um objetivo que queremos cumprir, devemos organizar uma estratégia para ser depois seguida, procedendo a uma tática onde tudo deve ser muito claro e organizado.

Se esse artigo foi útil para você, partilhe com quem pensar que precisa ler esse texto. Basta clicar em um dos ícones de redes sociais mostrados na barra lateral direta dessa página.

Comentários