Avançar para o conteúdo
Networking

Networking: Qual a sua importância para as relações empresariais?

Independente da profissão, tempo de experiência ou área de atuação, o Networking foi, ainda é e sempre será um instrumento poderoso de comunicação interpessoal, marketing e vendas. Em certos países como os Estados Unidos da América, Brasil ou China, isso é uma prática comum e intrínseca na cultura e dia a dia do mundo empresarial.

Ainda assim, há culturas onde o Networking não é visto dessa forma, e por vezes, está relacionado com o “jeito de ser” ou feitio de cada povo. Há países do Norte Europeu onde o povo caracteriza-se por uma personalidade mais introspetiva e fria, onde fazer esse tipo de abordagem não é nada muito natural.

Entretanto, apesar dessas diferenças culturais, muita gente ainda minimiza ou subestima a capacidade de se fazer um bom Networking. Exatamente por isso que resolvi escrever esse texto.

Mas antes de começarmos a explorar o tema, eu preciso contar-lhe uma breve história relacionada ao meu processo criativo para publicar esse artigo.

O contexto

Quando resolvi escrever um artigo sobre isso, eu estava pessoalmente dececionado e desmotivado com um Networking que deu errado, vamos dizer assim. O profissional que conversei em busca de contactos não deu a mínima, pensou que eu queria apenas me aproveitar ou algo assim. Ou seja, interpretou mal.

O resultado disso é que fiquei furioso e me decidi que eu deveria escrever sobre isso para dar uma lição a essa pessoa (eu não queria levar esse desaforo para casa).

Acontece que o tempo passou, a poeira baixou, e eu percebi que ali havia aquele problema da diferença cultural. Para nós, brasileiros, isso flui naturalmente, está no sangue e tem tantos benefícios claros que eu não consigo entender como alguém não consegue ver.

Recentemente, por conta do meu start up, comecei novamente a fazer networking e dei-me conta que chegou a hora de escrever sobre isso. Só que aí veio outro dilema: será que eu publico isso no meu blog ou no meu Linkedin (o que seria até irónico por se tratar de uma rede de contactos profissionais)?

Ao publicar no blog, isso poderia fugir um pouco da minha linha editorial e confundir o leitor. Mas, por outro lado, pensei: por que não? Afinal de contas saber fazer um bom Networking é o veículo de Marketing mais antigo da face da terra. O que é então o marketing boca a boca senão um bom networking?

Por tudo isso, resolvi publicar nos dois meios: blog e Linkedin e acabar de ver com esse dilema.

Mas agora chega de conversa e vamos ao que interessa: o que é Networking? Qual é a sua importância? Como fazer isso de forma eficaz? Tudo isso você vai saber nos próximos parágrafos. Se prepare e vem comigo!

O que é Networking?

 

 

A palavra “networking” vem do inglês onde “net” significa rede e “working” que significa trabalhando. Portanto, “trabalhando a rede” ao unirmos os termos e traduzir livremente para o português. Assim, Networking enuncia a capacidade de estabelecer uma rede de contactos profissionais em vários contextos e utilizá-la, posteriormente, para uma determinada finalidade

A rede de contactos tem como base a criação de um mecanismo de suporte onde permita a partilha de serviços e informações entre indivíduos que apresentam um interesse mútuo, como, por exemplo:

  • Fortalecimento de relações com clientes;
  • União de negócios comerciais e empresariais;
  • Aproveitamento de oportunidades no mercado de trabalho;
  • Obtenção de informações relevantes e benéficas;
  • Potencialização de uma empresa ou de uma ideia de negócio;
  • Desenvolvimento da visibilidade profissional;
  • Deteção de oportunidades de negócios.
 

Manter bons relacionamentos é fundamental para qualquer indivíduo, e na vertente da área comercial e empresarial é deveras benéfico às trocas de informações e de experiências.

Qual é a Importância de networking?

 

É frequente associar contactos a uma forma de elevar o ciclo social e conservar relacionamentos favoráveis, visto que, em vários momentos da vida e do quotidiano é possível realizar ações que permitem a aproximação a diversas pessoas e diversos contactos.

Através de uma autorreflexão, o individuo seleciona o tipo de relações que desenvolverá de modo a direcioná-lo na finalidade pretendida, sendo que, esta pode ser a nível da carreira profissional e ao tipo de negócios que realizará.

Assim o networking é fundamental para a coesão entre relações profissionais e para que o individuo realize os seus objetivos pretendidos.

A Rede de contactos

A rede de contactos pode demonstrar ser fulcral para o sucesso profissional, visto que através de uma rede coesa, segura e expansiva é possível obter uma visão aprofundada das tendências e informações, de caráter privilegiado, relativas a ofertas de emprego e aspetos pertinentes das empresas.

A rede de contactos proporciona assim um maior poder de conhecimento, a criação de pontes de confiança e união, a recolha de opiniões e sugestões de modo a melhorar e desenvolver capacidades e conhecimentos profissionais.

Como criar e manter um Networking eficiente

Visto que o networking desempenha um papel ativo no desenvolvimento empresarial e no amadurecimento pessoal e profissional é pertinente compreender aspetos que potencializem a sua dinâmica e funcionamento tais como:

  • Manter as redes sociais atualizadas com informações profissionais;
  • Divulgar os trabalhos realizados nas redes sociais;
  • Participar e demonstrar interesse em eventos, fóruns, congressos e outros mecanismos relacionados com a área de interesse;
  • Manter contacto com ligações criadas nos eventos;
  • Desmontar interesse pelo trabalho dos outros;
  • Ser honesto e não denegrir a imagens de outros profissionais para benefício próprio;
  • Adotar abordagens assertivas, criativas e sinceras com os outros;
  • Procurar ser visível;
  • Demonstrar ser útil;
  • Estar disponível para ajudar os outros quando eles necessitarem;
  • Procurar um contínuo conhecimento para desenvolvimento profissional e pessoal.
 

Networking em tempos de pandemia

 

 

Tendo em conta todas essas dicas e benefícios da rede de contactos que vimos até então provavelmente lhe levaram a um questionamento: como fazer isso em tempos de pandemia? Será possível fazer um bom networking em ambiente virtual? A resposta é clara e direta: sim, perfeitamente.

Mesmo antes do confinamento e da situação atual as redes sociais já cumpriam perfeitamente esse papel. No Facebook, por exemplo, é possível reencontrar contactos perdidos com o tempo, ou ainda mesmo manter uma conversa via Messenger.

O Linkedin, por outro lado, é o ambiente ideal e propício para o networking virtual ocorrer.  Afinal de contas, esta rede foi criada com esse propósito. Nele pode-se congratular uma conexão por seu novo cargo, por um prêmio ganho ou um artigo escrito, por exemplo. São diversas as formas de manter a sua rede ativa e até mesmo estabelecer novas conexões.

Além disso, é possível utilizar o veículo mais antigo da Internet: o e-mail. Não deixe de enviar um e-mail para saber a respeito de um antigo conhecido. Ou ainda, você pode enviar um e-mail em busca de informações ou para atualizar um relacionamento recente com um colega de profissão

Uma outra boa alternativa é participar de eventos online, onde é facilmente possível que também se consiga contacto com os outros participantes.

Enfim, essas são apenas algumas das opções de construir e manter uma boa rede de relacionamentos e contactos em ambiente online.

Conclusão

Através desse artigo, ficou claro que construir uma boa rede de relacionamentos é extremamente benéfico e valioso para qualquer profissional de qualquer área de negócio. Portanto, fazer networking não se trata apenas de distribuir cartões de visita, trata-se de estabelecer conexões profundas, trocar informações, dicas e estratégias de mercado.

Além disso, quando alguém inicia um contacto, esse acaba por levar ao seguinte e estabelece-se assim uma rede sólida de colaboração e troca. Ao indicar alguém que trabalhe com aquele certo conhecimento, poderemos também ser lembrado no futuro por aquela pessoa. Afinal de contas, é como está no famoso dito popular: “quem não é visto não é lembrado”.

Agora eu quero saber de você. Já tinha noção do poder do Networking? Já conhecia o termo? Costuma praticar na sua rotina? Conta-me nos comentários abaixo! Vamos conversar!!!

Esse artigo foi produzido em parceria com a Inês Rico, a nossa Estagiária de Marketing.

Comentários