Avançar para o conteúdo
Consultoria e agência

Consultoria x Agência: qual é a diferença entre elas?

Para algumas pessoas esta relação entre consultoria e agência pode parecer óbvia, entretanto, para outra grande maioria não é tão claro assim. 

Vemos hoje até mesmo executivos de grandes empresas e homens de negócios, que ainda confundem as atribuições de cada um desses prestadores de serviço.

Por essa razão, antes de falar da diferença entre Consultoria e Agência, iremos explicar o que cada significa.

Antes de continuar a leitura, não deixe de assistir o vídeo abaixo, que complementa esse artigo:

Agência de Marketing

Na teoria, uma agência de marketing executa a estratégia e planeamento anteriormente elaborado ou pela empresa que a contrata, ou por um consultor de Marketing. 

Houve uma época em que as agências eram chamadas ful-service porque entregavam o pacote completo, com todas as áreas necessárias dentro de um só local. 

Hoje em dia isso já está mais pulverizado, pois foram surgindo agências especializadas em diversas coisas como produção multimédia, produção de conteúdo, SEO, Web design ou marketing digital.

Nesse sentido, uma agência de marketing fica encarregada da parte criativa que a empresa contratante muita das vezes não tem pessoal suficiente ou dedicado para fazer isso por isso contratam essa categoria  de serviço. 

Logo, uma agência de marketing oferece serviços como, por exemplo, fazer o design dos posts para as redes sociais, produzir conteúdo para sites, blogs e redes sociais e até mesmo desenvolver um website. 

Além disso, toda a categoria de material ligado à publicidade como definir uma identidade visual para a sua empresa, elaborar o manual da marca, criar os cartazes, anúncios em revistas, jornais e online, panfletos, banners para exibição em feiras e congressos entre outras várias atividades ligadas a comunicação visual.

Porém, na prática, isso as vezes não ocorrem assim. A agência também tem que se encarregar de montar a estratégia, planear e depois implementar. 

Isso porque as empresas que a contratam não possuem colaboradores suficientes para fazer tudo internamente, então verticalizam e subcontratam o serviço em um “pacote” só.

Portanto, vamos agora compreender as vantagens e desvantagens em contratar uma agência de marketing.

Vantagens

  • Ter profissionais para executar as estratégias pensadas por alguém;
  • Tem profissionais com serviços especializados;
  • Possibilita a empresa focar no seu core business;
  • Possibilita escalar;
  • Tem acesso às novas tecnologias.

Desvantagens

  • Não mantém um trabalho realmente próximo dos clientes;
  • Demora no tempo de resposta;
  • Desalinhamento nas expectativas;
  • Maior custo.

Resumidamente, os serviços de uma agência de marketing são operacionais, ou seja, “colocam a mão na massa” e executam as estratégias pensadas pelo cliente, que na maior parte das vezes é o departamento de marketing da empresa que a contratou.

Consultoria de marketing

A consultoria de marketing tem duas vertentes: horizontal, focada em atender clientes de diversos setores da economia numa abordagem geral do Marketing para empresas de qualquer setor da economia ou vertical, dedicada a um segmento de mercado e mais focada numa atividade específica de marketing, como conteúdos, email marketing e análises de dados ou outras.

Entretanto, para fins didáticos desse vídeo, vamos considerar o caso da consultoria horizontal.

Assim, a consultoria estabelece uma relação muito mais pessoal entre o consultor e os seus clientes durante todo o processo.

Quando o cliente solicita, o consultor de Marketing trabalha com ele para chegarem ambos a um resultado, neste caso é adotada uma abordagem colaborativa. 

O trabalho da consultoria então está focada na elaboração de estratégias e um planeamento que será posteriormente implementado pela equipa interna ou por alguma agência.

Logo, a consultoria de Marketing também tem acessos a dados e informações que a ajude a entender se a estratégia pensada anteriormente da resultados, para poder assim ajustá-la de acordo.

Assim como também a consultoria cuida do orçamento do cliente, para ver se aquilo que a empresa pretende e lançou como meta, está à medida do bolso do cliente. 

Outra característica é que a consultoria não é um serviço que seja prestado eternamente, visto que uma consultoria é um projeto, portanto, tem início, meio e fim (característica comum a gestão de projetos). 

Todas as atividades são analisadas com otimização, com qualidade e eficiência, embora para ser bem-sucedido, os objetivos precisam de ser convertidos em resultados concretos.

Agora, antes de dar continuidade, é importante notar que, na prática, existe uma área de interseção entre as atividades de uma agência e de uma consultoria, como vocês podem ver na figura abaixo.

Essa interseção como eu gosto de chamar, ou também de consultoria híbrida, como alguns chamam, está no fato de que a consultoria às vezes também precisa implementar.

Isso se dá, em grande parte, em empresas com poucos recursos internos para suportar tudo, ou mesmo pela falta de profissionais de Marketing mais capacitados. 

Então o próprio consultor tem de executar certas ações, e aqui inclui trazer consultores parceiros, especialistas, para o jogo. Aqui já cabe aquilo do consultor vertical que falei no início.

Vamos agora entender as vantagens e desvantagens de se contratar um consultor de Marketing:

Vantagens 

  • Mesmo que o contrato com o consultor seja cancelado, o trabalho realizado até o momento não será perdido;
  • Deixa uma estratégia montada e dá um norte a organização;
  • Possibilita resultados a longo prazo que garantem a sustentabilidade do negócio;
  • Relacionamento próximo do cliente;
  • Aumenta o ROI.

Desvantagens 

  • Nem todas as consultorias executam o que é proposto;

Resumidamente, o trabalho do consultor está muito focado no campo estratégico, numa abordagem dedicada no âmbito das ideias, assessoria e mentoria de um projeto específico na empresa. Nesse sentido, ele vai além do trabalho de uma agência.

Vamos agora ao tema principal desse artigo, já colocado no título: qual é a diferença entre consultoria e agência? Como escolher uma ou outra?

A diferença entre Consultoria de marketing e Agência de marketing 

Agora que você já sabe o que é uma agência de Marketing e uma consultoria, as principais atribuições de cada uma e as suas vantagens, chegou a hora de enfim escolher aquilo que lhe atende melhor.

Nesse sentido, o meu objetivo nesse vídeo foi ser o mais imparcial possível, para você poder ter uma visão real das diferenças e poder agora ter mais fundamento para fazer a sua escolha.

Além disso, devo lembrar que não quis aqui de qualquer forma esgotar o tema, e também sei que cada caso é um caso e a escolha, portanto depende dos objetivos e metas de cada empresa e o que ela procura naquele momento em particular.

Logo, em linhas gerais, se você já tem uma estratégia em mãos na sua empresa, com metas e objetivos bem definidos, procure uma agência que o ajude a executar essa estratégia.

Por outro lado, se você não tem nada, ou por não ter estrutura interna na sua empresa, ou por não ter ninguém qualificado para isso e precisa definir estratégias de crescimento para o futuro, contrate uma consultoria.

Mesmo assim, se a sua empresa tiver os recursos internamente e até já possui um plano e uma estratégia a seguir, mas está um novo momento e precisa rever ou redefinir a sua estratégia, contrate uma consultoria.

Em suma, é importante dizer que uma atuação não elimina a outra, ou seja, trata-se de serviços diferentes que podem aliar-se para o crescimento da empresa, marca e produto. 

Se quiser ter acesso ao conteúdo desse vídeo em texto, vou deixar na descrição o link para o artigo completo onde também abordo esse tema.

Já se decidiu que precisa da ajuda de uma consultoria de Marketing? Entre em contacto comigo e vamos conversar sobre as suas necessidades sem compromisso.

Comentários